Não há mais endereços IPv4 na América Latina e o Caribe

Hoje a região entrou definitivamente na fase de esgotamento da velha tecnologia da Internet (IPv4);  preocupa atraso na implementação do novo protocolo IPv6 nas redes da região.

A Casa da Internet da América Latina e o Caribe, 10 de junho.- O Registro de Endereçamento da Internet para a América Latina e o Caribe (LACNIC), responsável pela designação de recursos para essa região, anunciou hoje o esgotamento do estoque dos endereços IPv4 e expressou sua preocupação pela demora dos operadores e governos em implementar o protocolo da Internet (IPv6) na região.

LACNIC informou hoje que tendo atingido os 4.194.302 endereços IPv4 em seu estoque, entram em vigor políticas restritivas para a entrega de recursos da Internet no continente, que na prática significam o esgotamento dos endereços do IPv4 para os operadores de redes na América Latina e o Caribe.

“Estamos diante de um fato histórico que não por ser esperado e anunciado, é menos importante”, afirmou o CEO de LACNIC, Raúl Echeberría. “A partir de agora LACNIC e os Registros Nacionais somente podem designar quantidades muito pequenas de endereços IPv4, insuficientes para atender às necessidades de nossa região”. A organização já entregou mais de 186 milhões de endereços IPv4 na América Latina e o Caribe desde o início de suas operações em 2002.

Mais informações : http://www.lacnic.net/pt/web/anuncios/2014-no-hay-mas-direcciones-ipv4-en-lac